Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Partido Popular retoma a via de Aznar

Pablo Casado, à direita, não convidou para a direção a ex-adversária Soraya Sáenz, à esquerda

FOTO JUAN CARLOS HIDALGO/EPA

“Perdemos a ligação emocional com os eleitores”, lamenta uma ex-dirigente da equipa de Mariano Rajoy

Angel Luis de la Calle

Angel Luis de la Calle

Correspondente em Madrid

Ninguém se atreve a prever se a viragem à direita do Partido Popular (PP, conservador), sob o novo líder Pablo Casado (37 anos), foi uma estratégia eleitoral para as primárias ou uma reorientação a fundo da base ideológica do partido. A sucessão de Mariano Rajoy, desenrolada num clima de divisão interna, irá influir no tabuleiro político nacional, em convulsão desde a moção de censura que levou o socialista Pedro Sánchez ao Governo.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI