Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Escravatura moderna. Silêncio das vítimas continua a ser gritante

Fábrica de carpetes para exportação no Rajastão, Índia. Horários sem limite é uma forma de exploração que afeta milhões de crianças

Cristina Peres

Cristina Peres

Jornalista de Internacional

“O abuso começou logo a seguir à minha chegada e tornou-se mais frequente e violento. Eu era esbofeteada, chicoteada e esmurrada sistematicamente.” Este testemunho de uma mulher cambojana de 22 anos, empregada em trabalho doméstico na Malásia, é um dos recolhidos pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) para ser divulgado na campanha 50ForFreedom.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI