Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Advogada que prometeu ajudar campanha de Trump tem ligações muito próximas do regime russo

YURY MARTYANOV / Getty Images

As mensagens enviadas por um repórter para o telemóvel de Veselnitskaya foram marcadas como “lidas”, mas não foram respondidas

A advogada russa que prometeu fornecer à campanha de Donald Trump informação comprometedora sobre a candidatura de Hillary Clinton, tem ligações muito mais próximas com o governo russo do que afirmara anteriormente, segundo documentos agora revelados.

Dezenas de e-mails, transcrições e documentos oficiais revelam Natalia Veselnitskaya como uma advogada bem relacionada, que serviu como escritora fantasma para os principais advogados do governo russo e recebeu assistência do pessoal do Ministério do Interior num caso envolvendo um cliente chave, segundo a agência de notícias norte-americana AP.

Os dados foram obtidos pela figura da oposição russa Mikhail Khodorkovsky, com base num centro de investigação sediado em Londres, que está a compilar perfis de russos acusados de corrupção. Os dados foram posteriormente compartilhados com jornalistas da AP, do jornal suíço Tages-Anzeiger, do site de notícias grego Inside Story e outros.

A AP escreve que não conseguiu chegar até Natalia Veselnitskaya para que esta possa comentar os dados agora revelados.

As mensagens enviadas por um repórter para o telefone de Veselnitskaya foram marcadas como "lidas", mas não foram respondidas. Também foi enviada uma lista de perguntas via e-mail, mas também não obtiveram resposta.

Veselnitskaya tem estado sob escrutínio desde que surgiu no ano passado ao lado do filho mais velho de Trump, Donald Jr., durante um encontro, em junho de 2016. Um representante do governo russo disse que ela estava a oferecer ajuda de Moscovo para derrotar Hillary Clinton.

Veselnitskaya negou ter atuado em nome do governo russo quando se encontrou com a equipa de Trump, justificando perante o Congresso que atua "independentemente de qualquer órgão do governo".