Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Avião que voava de Paris para Pequim foi forçado a aterrar por causa de uma suspeita de ameaça terrorista

Voo em causa foi o CA876 que voltou a aterrar na capital francesa em segurança depois de ter sido recebida uma mensagem suspeita

Um avião da companhia Air China que tinha acabado de descolar de Paris em direção a Pequim foi, nesta quinta-feira, forçado a regressar ao ponto de partida devido a uma ameaça terrorista, de acordo com a imprensa francesa. O voo em causa foi o CA876 que voltou a aterrar na capital francesa em segurança depois de ter sido recebida uma mensagem suspeita.

A informação disponível indica que passageiros e tripulação regressaram ilesos ao aeroporto Charles de Gaulle e a Air China referiu, em comunicado, que o episódio não passou de um susto, enquanto garantiu que irá providenciar um voo alternativo às pessoas afetadas com esta situação.

Agentes policiais com cães-polícia foram chamados para procederem a operações de inspeção da aeronave, enquanto os passageiros eram retirados através de uma escada.