Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Governo dos EUA não faz o suficiente para proteger informação dos seus cidadãos

Ronald Martinez/Getty Images

Equipas de investigação da Agência Nacional de Segurança dizem ter encontrado “inúmeros casos de incumprimento das normas e dos regulamentos destinados a proteger as redes informáticas, os sistemas e a informação”

O Governo dos Estados Unidos da América (EUA) não faz o suficiente para proteger a informação acerca dos seus cidadãos, concluiu uma investigação interna da Agência Nacional de Segurança (NSA, sigla em inglês).

"As equipas de investigação encontraram inúmeros casos de incumprimento das normas e dos regulamentos destinados a proteger as redes informáticas, os sistemas e a informação", refere o relatório elaborado pelo escritório do inspetor-geral da NSA, enviado ao Congresso norte-americano.

Segundo a agência de notícias espanhola Efe, o documento, que abrange o período entre outubro último e março deste ano, também critica o facto de muitos funcionários públicos usarem 'pen' USB, que podem estar contaminadas com vírus informáticos, para armazenar informações, além de as equipas do Governo sofrerem "problemas e deficiências significativas".

A NSA recomenda a revisão de sistemas de segurança, que "muitas vezes são inadequados ou incompletos", a implementação correta de um sistema de acesso para duas pessoas e uma melhor gestão no uso de memórias externas.

O relatório absolve, no entanto, a Administração central de qualquer ação intencional que possa ter posto em perigo a privacidade dos cidadãos. "O relatório considera que durante o período analisado não houve problemas ou abusos relacionados com programas ou operações de agências governamentais", indica o documento.