Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Presidente do Sri Lanka promete fim de moratória sobre pena de morte

ISHARA S. KODIKARA / Getty Images

Na semana passada, Maithripala Sirisena afirmou que os traficantes de droga condenados serão enforcados, no âmbito de uma medida governamental contra o narcotráfico

O Presidente do Sri Lanka prometeu esta segunda-feira que vai voltar a aplicar a pena de morte, apesar dos apelos da União Europeia (UE) e de outras missões diplomáticas para manter a moratória em vigor há 24 anos.

Maithripala Sirisena disse que a decisão de voltar a aplicar a pena de morte para os traficantes de droga "não vai ser alterada sob qualquer circunstância, apesar das objeções levantadas sobre esta medida", de acordo com o site do Presidente cingalês.

Na semana passada, Sirisena afirmou que os traficantes de droga condenados serão enforcados, no âmbito de uma medida governamental contra o narcotráfico.

O Sri Lanka mantinha a moratória sobre a pena de morte desde a última execução em 1976.

Desconhece-se a data das primeiras novas execuções.