Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Cerca de 80 menores abusados e fechados em contentores no Sudão

Jovens, com idades entre os 13 e os 17 anos, foram encontrados na zona do Nilo Ocidental, tendo sofrido tortura, violência física e sexual durante o cativeiro

Cerca de 80 menores, que estiveram fechados em contentores de mercadorias durante meses, onde sofreram abusos de um grupo de traficantes de seres humanos, foram encontrados num subúrbio da capital do Sudão, anunciaram nesta segunda-feira as autoridades.

Um funcionário do Ministério da Segurança Social sudanês disse, segundo a agência espanhola Efe, que os jovens, com idades entre os 13 e os 17 anos, foram encontrados na zona do Nilo Ocidental, tendo sofrido tortura, violência física e sexual durante o seu cativeiro, que durou entre os três e os nove meses, dependendo dos casos. Segundo a mesma fonte, as forças de segurança encontraram os menores depois de receberem informações de onde estavam localizados.

Já Muatasim Abdalá, responsável da Segurança do Estado, informou que os menores sofreram sequelas psicológicas e físicas depois de terem sido maltratados, torturados e mantido em contentores durante tanto tempo, necessitando de assistência psicológica e social. Os jovens foram transferidos para um abrigo em Cartum, enquanto os sequestradores são procurados pela polícia.

Em 8 de maio passado, as autoridades sudanesas prenderam um grupo de traficantes no Estado de Qadarif, perto da fronteira com a Etiópia, e libertaram 231 pessoas que estavam nas mãos dos criminosos.