Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Tailândia ainda espera encontrar com vida jovens presos em caverna

LILLIAN SUWANRUMPHA/AFP/Getty Images

12 jovens futebolistas e o treinador estarão numa câmara da extensa rede de cavernas

O vice-primeiro-ministro da Tailândia, Prawit Wongsuwan, mostrou-se esta terça-feira otimista em relação à possibilidade de encontrar com vida o grupo de jovens futebolistas presos na caverna de Tham Luang Nang Non (norte) desde sábado. Pensa-se que os 12 jovens, com idades compreendidas entre os 11 e os 16 anos, e o treinador, com 25, estão numa câmara da extensa rede de cavernas.

Mergulhadores da Marinha, que retomaram as buscas depois de uma interrupção provocada pela subida das águas, terão visto pegadas recentes dentro do complexo de cavernas. A equipa de busca e salvamento inclui uma unidade de 17 membros da Real Marinha tailandesa e drones submarinos.

A chuva constante e a pouca visibilidade no interior do complexo têm dificultado as operações. A caverna pode inundar até cinco metros durante a época das chuvas, que decorre entre junho e outubro.

A caverna de Tham Luang Nang Non é uma atração turística que se estende por muitos quilómetros subterrâneos.