Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Localizado 'ferry' que naufragou na Indonésia com 200 pessoas a bordo

REUTERS

Esta segunda-feira as autoridades indonésias afirmam ter localizado o 'ferry' que havia naufragado com 200 pessoas a bordo. As autoridades pediram ajuda internacional para recuperar os destroços

As autoridades indonésias afirmaram esta segunda-feira ter localizado o 'ferry' que há uma semana naufragou com 200 pessoas a bordo no lago Toba, a norte da ilha de Samatra, mas pediram ajuda internacional para recuperar os destroços.

Estima-se que o navio transportava cinco vezes mais pessoas do que a capacidade permitida. Apenas 18 pessoas, incluindo o capitão do barco, foram resgatadas pelas equipas de busca e salvamento.

No domingo, um comunicado divulgado pela Agência Nacional de Desastres indicou que um objeto semelhante ao 'ferry' havia sido encontrado a uma profundidade de 490 metros.

Esta segunda-feira, numa entrevista à televisão, o chefe da agência, Syaugi, pediu ajuda internacional para encontrar os destroços.

"Faremos o nosso melhor para encontrar os destroços", garantiu Syaugi.

"Não temos 'robôs', por isso estamos a tentar encontrá-los noutros países, sendo que a maioria tem apenas ferramentas para levantar embarcações localizadas a 100 metros de profundidade", explicou.

Para o responsável, a prioridade é "conseguir retirar o maior número de vítimas possível".

O navio, um 'ferry', afundou-se no dia 17 de junho quando navegava no lago Toba, na província de Samatra do Norte, a mais de 1.300 quilómetros a noroeste da capital, Jacarta.

As autoridades indonésias acreditam que a viagem terá sido realizada ilegalmente, sem bilhetes ou lista de passageiros.

Além da sobrecarga de pessoas - estima-se que teria capacidade apenas para 60 -, o navio também transportava dezenas de motocicletas.

O lago Toba tem uma área de cerca de 1.145 quilómetros quadrados e localiza-se numa antiga cratera vulcânica. É um dos principais destinos turísticos do país.