Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Hungria, Eslováquia, Polónia e República Checa boicotam minicimeira europeia sobre migração

Mateusz Morawiecki, primeiro-ministro da Polónia, um dos opositores à mini-cimeira agendada para Bruxelas

FERENC ISZA/Getty

“Querem requentar uma antiga proposta que já recusámos”, afirmou o primeiro-ministro polaco, Mateusz Morawiecki

Os países do Grupo de Visegrado - Hungria, Eslováquia, Polónia e República Checa -- anunciaram nesta quarta-feira que não vão participar na minicimeira europeia sobre migrações que se realiza no domingo em Bruxelas.

"A minicimeira de domingo é inaceitável, não vamos participar, querem requentar uma antiga proposta que já recusámos", afirmou o primeiro-ministro polaco, Mateusz Morawiecki, após uma reunião com os homólogos húngaro, eslovaco e checo.

Morawiecki criticou ainda que o encontro tenha sido convocado pelo presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, porque é o presidente do Conselho Europeu, Donald "Tusk o responsável pela organização das cimeiras".