Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Kim em Pequim para informar Presidente chinês sobre cimeira com Trump

Kim Jong-un e Xi Jinping apertam as mãos em Pequim (27 de março de 2018)

GETTY

É a terceira deslocação do líder norte-coreano à China só este ano. A visita acontece num ambiente de apaziguamento das relações entre Pyongyang, Washington e Seul, com a promessa de EUA e Coreia do Norte trabalharem em conjunto na desnuclearização da península coreana. Em troca, Washington oferece garantias de segurança, incluindo o fim dos exercícios militares com a Coreia do Sul

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, aterrou esta terça-feira em Pequim para informar o Presidente chinês, Xi Jinping, sobre os resultados da cimeira com o Presidente dos EUA, Donald Trump, realizada na semana passada em Singapura.

Trata-se da terceira viagem do líder norte-coreano à China só este ano e acontece num contexto de apaziguamento das relações entre o regime de Pyongyang, Washington e Seul.

Na cimeira de 12 de junho, Trump concordou em trabalhar com Kim com vista à desnuclearização total da península coreana, prometendo em troca garantias de segurança, que passam designadamente pelo término dos exercícios militares conjuntos dos EUA com a Coreia do Sul.

Segundo a agência de notícias Reuters, ao contrário do que é habitual, a comunicação social chinesa anunciou a visita do líder norte-coreano e informou que este ficaria no país durante dois dias. Anteriormente, a China só confirmava as visitas de Kim depois de o líder abandonar o país, lembra a agência.

As autoridades policiais chinesas reforçaram a segurança ao longo da principal avenida de Pequim, que conduz ao local onde os líderes do país habitualmente se reúnem com chefes de Estado, e também no exterior da casa de hóspedes onde em março Kim pernoitou com a sua esposa.