Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Procuradoria de Los Angeles cria equipa para investigar acusação de assédio contra Sylvester Stallone

Mike Windle/GettyImages

O caso remonta à década de 1990, tendo Sylvester Stallone sido acusado de assédio sexual. Advogado do ator norte-americano diz que se tratou de uma “relação consentida”

O ator norte-americano Sylvester Stallone está a ser investigado pelo crime de alegado abuso sexual, num caso que remonta à década de 1990.

O anúncio foi feito à AFP pelo porta-voz do gabinete do procurador de Los Angeles. Greg Risling acrescentou que o caso foi apresentado pela polícia de Santa Mónica, na Califórnia, que já em dezembro do ano passado anunciara estar a investigar uma denúncia de abuso sexual durante as filmagens de “Over the Top” de uma adolescente que na altura teria 16 anos. O porta-voz não avançou, contudo, mais detalhes sobre a abertura do processo.

O caso remonta à década de 1990, tendo Sylvester Stallone sido acusado por uma mulher de assédio sexual. O ator nega as acusações, conforme fez saber o seu advogado, Martin Singer, à CNN, segundo o qual se tratou de uma “relação consentida”. “Não é apropriado arruinar a vida de alguém desta forma. Divulgar esta informação dá a entender que de facto há aqui alguma coisa e isso é ultrajante”, acrescentou o advogado.

  • Hollywood: centenas de mulheres marcham contra abusos sexuais

    Com t-shirts com mensagens como "Me too" ("Eu também"), a etiqueta que centenas de vítimas têm utilizado nas redes sociais para tornar públicas as suas histórias, as mulheres concentraram-se perto da entrada do teatro Dolby que acolhe anualmente a cerimónia dos Óscares