Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

O fabuloso destino de Helga Liné

Coleção Miguel Villa

Quis Hitler e o destino que uma rapariga chegasse a Portugal com a letra “J” no passaporte e condição de refugiada. Esteve em dois filmes de Almodóvar e na série “Verão Azul”, que uma geração portuguesa bem conhece

Tem 85 anos, vive em Buenos Aires, capital argentina. Não é capaz de se ver nos filmes, mas adora as rodagens. Não consegue ver nada relacionado com o Holocausto e o nazismo. Sempre manteve inviolável a realidade da sua vida, entre fama ilusória e sofrimento verdadeiro. No mundo, só existe um lugar onde ela foi integralmente feliz: a cidade das Caldas da Rainha, em tempo de guerra. Para ela, tempo de paz.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI