Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Histórica cerveja angolana passa a ser vendida em Moçambique

A Companhia União de Cervejas de Angola (Cuca), detida pelo grupo francês Castel, anunciou o início da exportação daquela tradicional cerveja angolana para Moçambique, no âmbito do programa de internacionalização da marca

A Companhia União de Cervejas de Angola (Cuca), detida pelo grupo francês Castel, anunciou esta sexta-feira o início da exportação daquela tradicional cerveja angolana para Moçambique, no âmbito do programa de internacionalização da marca.

Para o efeito, o grupo Castel assinou esta sexta-feira um acordo de exportação da cerveja Cuca com a empresa Moz Bebidas, prevendo inicialmente dois contentores, avaliados em 50.000 dólares (42.500 euros), mas com uma previsão futura de 100 contentores anuais.

A cerveja Cuca nasceu em Angola em 1947, dentro do grupo português Central de Cervejas, tendo sido nacionalizada após a independência angolana, em 1975, e de novo vendida pelo Estado, quase duas décadas mais tarde.

Além de Angola, a cerveja Cuca já é vendida atualmente em Portugal e nos Estados Unidos, mas também em alguns mercados de países vizinhos, como a Namíbia, República Democrática do Congo e Zâmbia. O grupo Castel detém em Angola ainda as cervejas Nocal e Eka.