Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Do topo do poder para trás das grades

REUTERS/Kim Hong-Ji

Em quatro dias uma ex-chefe de Estado foi condenada a 24 anos de prisão e outro foi preso. País corrupto ou democracia madura?

Margarida Mota

Jornalista

Três dos oito presidentes que conduziram os destinos da Coreia do Sul desde 1987, ano em que ascendeu ao clube dos países democráticos, foram presos e condenados por corrupção. Um quarto suicidou-se quando viu o seu nome, e o de familiares, envolvido num escândalo de corrupção. Um quinto aguarda julgamento.

Para ler o artigo na íntegra, clique AQUI