Siga-nos

Perfil

Expresso

EDP Open Innovation

Dias de Energia: "Bom dia, good morning" ou o processo de escolha (internacional) do Open

Os responsáveis pela organização do Open Innovation numa das entrevistas de escolha das equipas

Tiago Miranda

210 candidaturas, muita escolha para fazer e dois dias para entrevistas. Assim se conta o processo de seleção das dez equipas finalistas do EDP Open Innovation que pode conhecer a partir de quinta-feira

"Estava a ir para São Paulo e contou-nos [o candidato] que tinha que parar o carro para fazer a entrevista", conta, entre risos, Carla Pimenta. A gestora da EDP Starter foi uma das pessoas que conduziu o processo de entrevistas que definiu os dez finalistas do EDP Open Innovation e que obrigou a dois dias intensos de conversas por vídeo e muito debate de ideias.

O lote (que pode conhecer na quinta-feira) de projetos inovadores que compõem a sétima edição do programa de empreendedorismo do Expresso e da EDP - que resulta da união entre o Energia de Portugal e o Prémio EDP - vem de todo o mundo e estará sobretudo concentrado em ideias ligadas a energia limpa e à inovação digital.

"A maturidade dos projetos surpreendeu-me e tornou mais complicada a escolha final", atira o gestor de projeto da Beta-I (que está a organizar este ano o programa), Gonçalo Negrão. Se a análise das candidaturas mais promissoras já deixava antecipar o cenário, as conversas ainda deram mais certezas do nível.

O processo é simples: três minutos para apresentação dos projetos e cinco minutos para perguntas. Numa sala, os responsáveis pelo Open e noutras, espalhadas por todo o mundo (literalmente), os concorrentes que iam aparecendo num ecrã grande que transformava um escritório em Lisboa num acontecimento global. Com a ressalva que à fase de entrevistas só chegaram as empresas que tiveram pelo menos 2,7 em 5 numa série de parâmetros previamente definidos. Conversas sempre realizadas em inglês com direito a "bom dia, good morning."

Carla Pimenta acredita que a escolha tem sido "muito mais exigente", o que se tem refletido na qualidade das equipas que vão a jogo. Além da possibilidade que as ferramentas digitais oferecem de alargar o âmbito internacional do programa e atrair mais pessoas. "O trabalhar já não é para onde vais, é onde fazes", diz. E Lisboa, hoje em dia é um sítio muito apetecível.

Sem esquecer o nome do programa, garante Gonçalo, que chamou a atenção de projetos com muito potencial para atingirem o sucesso no mercado. Agora é preciso dar o próximo passo para chegar aos €50 mil para a melhor equipa e um de três lugares na Web Summit deste ano. "Estamos aqui para ajudá-los. Que comece o trabalho a sério."

  • Dias de Energia: as ideias que chegam a Silicon Valley via Portugal

    O programa de EDP e Beta-I que desenvolve os projetos mais inovadores do campo da energia passou por Portugal, foi à Austrália e agora está no centro da inovação mundial. E mostra o que os concorrentes do EDP Open Innovation podem conseguir se acelerarem os seus projetos. Acompanhe os "Dias de Energia" no site do Expresso e nas plataformas do grupo Impresa para estar a par dos melhores exemplos do sector. E do que pode fazer para estar na companhia deles. Resposta? Clicar no link no texto e candidatar-se

  • O que esperar do Open 2018

    O programa de empreendedorismo do Expresso e da EDP já está a receber candidaturas para a sétima edição. É você que vai ganhar €50 mil e um lugar na Web Summit?

  • Seja o herdeiro da história de sucesso do Open

    Já estão a decorrer as candidaturas para a sétima edição do programa de empreendedorismo do Expresso e da EDP e o seu projeto de negócio pode ser o vencedor do grande prémio de €50 mil. E juntar-se ao caminho de sucesso dos três últimos vencedores

  • Dias de Energia: o caminho dos eletrões rumo aos €50 mil do Open Innovation

    Conheça o Free Electrons, o programa de EDP e Beta-I que leva empresas de todo o mundo por uma viagem com paragens por Lisboa, Austrália e Sillicon Valley para desenvolver os projetos mais inovadores do campo da energia. Até ao arranque do EDP Open Innovation, acompanhe os "Dias de Energia" no site do Expresso e nas plataformas do grupo Impresa para estar a par dos melhores exemplos do sector. E do que pode fazer para estar na companhia deles. Resposta? Clicar no link no final do texto e candidatar-se

  • Dias de Energia: o país que está ligado à corrente das renováveis

    Portugal está no pelotão da frente na incorporação das fontes alternativas na rede energética nacional e quer continuar a dar cartas para um futuro que está já aí ao virar da esquina. Até ao arranque do EDP Open Innovation, acompanhe os "Dias de Energia" no site do Expresso e nas plataformas do grupo Impresa para estar a par dos melhores exemplos do sector. E do que pode fazer para estar na companhia deles. Resposta? Clicar no link no final do texto e candidatar-se

  • A aldeia solar que mostra o caminho

    Energia. Os moradores de Valverde estão a testar um sistema de produção e armazenamento de energia que lhes permite poupar na fatura e ajudar o ambiente

  • Dias de Energia: o que pode aprender com os vencedores de 2017 enquanto prepara a sua candidatura para 2018

    Com 20 clientes espalhados por mais de 50 países, a Rated Power não esconde a importância da participação no EDP Open Innovation. Para ser o sucessor desta empresa, só tem até 10 de setembro. É a data limite para candidatar-se à competição de empreendedorismo do Expresso e da EDP e ter a oportunidade de ganhar €50 mil e um lugar na Web Summit. Até ao arranque, acompanhe os "Dias de Energia" no site do Expresso e nas plataformas do grupo Impresa para estar a par dos melhores exemplos do sector

  • Dias de Energia: saiba quem já está na corrida do Open. E não se esqueça que só tem até à meia-noite de hoje para se juntar

    Programa recebe projetos de todo o lado. E você, responde à última chamada? HOJE é a data limite para candidatar-se à competição de empreendedorismo do Expresso e da EDP e ter a oportunidade de ganhar €50 mil e um lugar na Web Summit. Até ao arranque, acompanhe os "Dias de Energia" no site do Expresso e nas plataformas do grupo Impresa para estar a par dos melhores exemplos do sector