Siga-nos

Perfil

Expresso

Iniciativas e Produtos

Descubra como pequenas mudanças fazem uma grande diferença

Um grande jornal, sempre

O EXPRESSO foi sempre um grande jornal. Grande no tamanho, no número de cadernos que o compõem, mas sobretudo grande nos conteúdos que aborda. Essa grandeza vai reforçar-se já a partir do dia 1 de Julho, quando a Revista Única passar a ter mais crónicas, a abordar mais temas e a fazer mais grandes entrevistas e reportagens de qualidade. Na altura em que o caderno de cultura — o Actual — passa a integrar também a programação das TV‘s e o roteiro dos cinemas, teatros, concertos e museus e também mais histórias, mais reportagens e mais crítica cultural.

O EXPRESSO vai ser grande, também na Internet, com o um sítio renovado, actualizado ao minuto e com a verdadeira qualidade do EXPRESSO.

Mas não se ficam por aqui as mudanças. O EXPRESSO vai ser ainda maior, a partir da rentrée, quando reduzir o seu formato do actual («broadsheet», o que tem nas mãos) para o «berliner», muito mais cómodo e prático para quem o lê. Altura de mudar também o 1º Caderno e o Caderno de Economia, dotando-os não só de um novo formato, com todas as páginas a cores, como também de novos e mais atraentes conteúdos, privilegiando as notícias, as reportagens, a informação gráfica e, sobretudo, as fotografias.

De resto, o EXPRESSO continuará a ser o que sempre foi: um grande jornal. Um grande jornal na Política, na Economia, na Cultura e no Internacional. Um jornal a nunca perder.

SEMPRE ÚNICA
Novas secções, novos temas, novas abordagens e novo visual marcam a grande mudança na revista Única. Reportagens, entrevistas, relatos e histórias, tudo é apresentado de um modo mais prático com a habitual qualidade informativa mas com uma edição fotográfica nunca vista. Questões como a saúde, a beleza, o consumo ou o lazer ganham importância. «Surpresa» é a palavra de ordem, da primeira à última página.

 

 

AINDA MAIS ACTUAL
O novo Actual reserva as suas primeiras 30 páginas aos protagonistas da Cultura Nacional e Internacional. Fotos, revelações e polémicas são notícia. Depois vêm as artes: cinema, teatro, dança, exposições e literatura para estar sempre actual e actualizado. A programação televisiva passa também a marcar presença. São páginas que o vão agarrar do princípio ao fim.