Siga-nos

Perfil

Carro do Ano 2016

Inscritos

Honda Civic Sedan: Luxo acessível

A equipa de desenvolvimento focou-se em melhorar o prazer de condução, o capítulo da maneabilidade, a capacidade de direção e a redução dos níveis de ruído a bordo

O Honda Civic Sedan é o novo compacto e desportivo de 4 portas da marca japonesa. A equipa de desenvolvimento focou-se em melhorar o prazer de condução, o capítulo da maneabilidade, a capacidade de direção e a redução dos níveis de ruído a bordo.

A Honda trabalhou em parceria com a empresa alemã Gestamp, um fornecedor de aço de tenacidade ultraelevada. Esta colaboração resultou no aumento de 14% na proporção da utilização deste material, em perfeito contraste com apenas 1% no Civic anterior. Esta nova técnica de produção resulta numa estampagem efetuada num só processo, mas que exibe diferentes graus de resistência do material, configurados com toda a precisão. Isto permite obter, numa única estampagem, a maior rigidez das zonas deformáveis. A nova plataforma, mais larga e mais rebaixada, oferece maior espaço interior. É 46 mm mais largo, 20 mm mais baixo e 74 mm mais comprido do que o modelo da geração anterior. A bagageira tem uma capacidade de 519 litros o que representa um aumento de 20,8% em relação ao modelo anterior.

Interior mais funcional

No topo da consola encontramos o ecrã tátil a cores de sete polegadas do sistema Honda Connect. Para além de oferecer um controlo das funcionalidades de infotainment e do sistema de climatização, este ecrã integra as funcionalidades da câmara de marcha-atrás nas versões Elegance e Executive.

O Honda Civic Sedan estreia uma motorização 1.5 VTEC TURBO a gasolina. Este bloco está disponível com uma nova caixa manual de seis velocidades ou com uma caixa automática de variação contínua (CVT). Esta nova unidade de quatro cilindros tem uma potência máxima de 182 CV (134 kW) às 5.500 rpm (às 6.000 rpm com caixa CVT). Na versão com caixa manual, o binário surge entre as 1.900 e as 5.000 rpm e mede 240 Nm. Na versão com caixa CVT, este valor é de 220 Nm e aparece entre as 1.700 e as 5.500 rpm.

O depósito de combustível do Civic foi mudado de local e o piso do veículo é mais baixo do que o do modelo anterior. Estas alterações também resultaram numa posição de condução mais perto da estrada, com pontos de anca 20 mm mais baixos, dando uma sensação de condução mais desportiva.

À frente, a suspensão MacPherson com braços inferiores. A direção assistida elétrica variável por duplo pinhão e cremalheira foi configurada especificamente para este modelo de quatro portas. Este sistema estreou no Civic Type R de 2016.

Na suspensão traseira encontramos uma nova configuração de suspensão de braços múltiplos e a nova subestrutura rígida. O sistema eletrónico de assistência à estabilidade do veículo foi configurado especificamente para o mercado europeu, de forma a poder refletir as condições típicas dos pavimentos e também os estilos de condução praticados no velho continente.