Siga-nos

Perfil

Expresso

Economia

Impostos: DGCI cobrou de forma coerciva mais de 289 milhões de euros no primeiro trimestre

Lisboa, 03 mai (Lusa) - A Direcção-Geral dos Impostos (DGCI) cobrou de forma coerciva 289,5 milhões de euros no primeiro trimestre do ano, tendo superado a previsão em cerca de 12 por cento, foi hoje divulgado pelo Ministério das Finanças.