Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Mundial2010: Eriksson recusa pensar em desforra

Port Elizabeth, África do Sul, 14 jun (Lusa) -- O selecionador da Costa do Marfim, o sueco Sven-Goran Eriksson, recusou hoje falar em vingança, depois de ter sido eliminado duas vezes pela seleção portuguesa de futebol em fases finais de competições internacionais.

Port Elizabeth, África do Sul, 14 jun (Lusa) -- O selecionador da Costa do Marfim, o sueco Sven-Goran Eriksson, recusou hoje falar em vingança, depois de ter sido eliminado duas vezes pela seleção portuguesa de futebol em fases finais de competições internacionais.

Ao serviço da Inglaterra, Eriksson foi eliminado por Portugal nos quartos de final do Euro2004 e do Mundial2006, em ambas as ocasiões no desempate por grandes penalidades.

"Não há vingança. Há quatro anos fomos infelizes, mas vida é assim. Todos sabemos que Portugal tem uma excelente equipa. Não vai ser fácil, para nós. Mas também para Portugal vai ser difícil", afirmou.