Siga-nos

Perfil

Expresso

Actualidade

Pescas: situação da DocaPesca de Matosinhos piorou, pescadores destruiram uma tonelada de peixe

Lisboa, 31 Mai (Lusa) - A situação na Docapesca de Matosinhos piorou depois das 15:00 de hoje, com a invasão das instalações pelos pescadores, que destruiram uma tonelada de peixe armazenado.

Lisboa, 31 Mai (Lusa) - A situação na Docapesca de Matosinhos piorou depois das 15:00 de hoje, com a invasão das instalações pelos pescadores, que destruiram uma tonelada de peixe armazenado.

Da invasão resultaram confrontos e ficaram feridos um polícia, atingindo com uma caixa de peixe na cabeça, e um pescador, disseram à Lusa testemunhas no local.

O peixe estava retido na DocaPesca de Matosinhos, devido ao bloqueio daquelas instalações por parte dos pescadores e armadores em greve, e deveria ter sido doado a instituições de solidariedade social, disse fonte envolvida no protesto.

Mas, perante a insistência de alguns comerciantes em tentar entrar para comprar peixe, alguns pescadores invadiram as instalações e deitaram o peixe ao chão para impedir a possibilidade de venda.

Os pescadores em greve contra o aumento do preço dos combustíveis bloquearam o acesso à DocaPesca de Matosinhos a partir das 23:00 de sexta-feira, impedindo os comerciantes de levantar o peixe que já tinham adquirido.

O presidente da ProPesca admitiu que na segunda-feira os armadores e pescadores do Norte voltem a fazer uma vigília na DocaPesca de Matosinhos, para travar entradas e saídas de carrinhas das instalações.

 

RRA/JGJ.

Lusa/fim