Siga-nos

Perfil

Expresso

Actualidade

Crise financeira: UGT admite endurecer contestação se sacrifícios exigidos aos trabalhadores forem demasiados

Aveiro, 29 mai (Lusa) - O secretário-geral da UGT, João Proença, admitiu hoje, em Aveiro, a possibilidade de a central sindical poder vir a endurecer a contestação social, se houver um agravamento dos sacrifícios exigidos aos trabalhadores.