Siga-nos

Perfil

Expresso

Actualidade

Ciência/Saúde: Investigadores atrasam envelhecimento em mosca da fruta

Lérida, Espanha, 06 mai (Lusa) - Investigadores espanhóis e finlandeses conseguiram atrasar o envelhecimento celular de uma mosca da fruta através de modificação genética, informou hoje o grupo de fisiopatologia Metabólica da Universidade de Lérida.

Lérida, Espanha, 06 mai (Lusa) - Investigadores espanhóis e finlandeses conseguiram atrasar o envelhecimento celular de uma mosca da fruta através de modificação genética, informou hoje o grupo de fisiopatologia Metabólica da Universidade de Lérida.

Publicada na revista da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos, o estudo consistiu na introdução de um gene na denominada Drosophila Melanogaster, o que aumentou em cerca de 40 por cento a sua longevidade, chegando a 90 dias.

Se a descoberta fosse aplicada ao homem, o tempo de vida seria de 150 anos, sem problemas de saúde.