Siga-nos

Perfil

Expresso

Actualidade

Apito Dourado: MP recorre da abolvição dos 16 arguidos no processo de viciação de classificação de árbitros

Lisboa, 08 jun (Lusa) - O Ministério Público (MP) vai recorrer do acórdão que absolveu todos os arguidos do processo no âmbito do Apito Dourado de alegada viciação de classificação de árbitros de futebol nas épocas de 2002/03 e 2003/04.

Lisboa, 08 jun (Lusa) - O Ministério Público (MP) vai recorrer do acórdão que absolveu todos os arguidos do processo no âmbito do Apito Dourado de alegada viciação de classificação de árbitros de futebol nas épocas de 2002/03 e 2003/04.

Fonte oficial da Procuradoria Geral da República confirmou hoje à Agência Lusa que o MP está a preparar o recurso para o Tribunal da Relação de Lisboa, para o apresentar no prazo de 20 dias após a leitura do acórdão, a 02 de junho.

O coletivo de juízes da 2.ª Vara do Tribunal Criminal de Lisboa, presidido por Clarisse Gonçalves, absolveu os 16 arguidos, por entender "ser duvidoso" concluir pelas práticas de falsificação de documento nas formas consumada e tentada "mesmo que fossem provados todos os factos consubstanciados nos crimes na acusação".