Siga-nos

Perfil

Economia

WorldGMC

Chegar à final nacional 

É o objetivo da equipa TCA-TeamCorticeira Amorim, uma das 63 formações que estão a disputar a segunda volta do Global Management Challenge 2018.

“Aceitámos este desafio como uma oportunidade brilhante de aprendizagem de como gerir uma empresa, num contexto de competição com outras equipas. É um concurso de muito prestígio e desde o início que quisemos tirar o máximo proveito desta oportunidade, já que nos pode trazer mais-valias no futuro graças ao conhecimento adquirido”, explica João Pedro Machado, líder da equipa TCA-TeamCorticeira Amorim. Acompanham-no neste processo Sara Palhares, Carlos Costa, Vladimir Andronachi e Vincent Lima, todos quadros da Amorim&Irmãos.

Depois de terem ultrapassado a primeira volta com sucesso, a ambição da equipa é chegar à final nacional que se realiza a 4 de fevereiro do próximo ano. “A passagem a segunda fase foi um prémio muito bom, uma vez que todos se esforçaram muito”, salienta o líder.

Em jeito de balanço João Pedro Machado refere que nesta prova “percebemos que tínhamos de definir uma estratégia inicial, mas que esta não pode ser estática ao longo da prova uma vez que o mercado tem também flutuações”. Trabalhar em equipa, respeitar a opinião de todos e gerir tempos de agenda muito difíceis, são algumas das aprendizagens já obtidas. “Um dia que tenhamos funções de chefia de topo será com certeza aplicada toda a experiência. No dia-a-dia laboral permite perceber o contexto empresarial da Amorim de uma forma mais clara”, finaliza.