Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Telefónica poderá aumentar oferta até €8,2 mil milhões

Analistas acreditam que a operadora espanhola poderá aumentar até €8,2 mil milhões o preço pela compra da Vivo à Portugal Telecom.

A Telefónica poderá aumentar a oferta pela compra da Vivo à PT até 8,2 mil milhões de euros, segundo as análises de três casas de investimento.     JP Morgan, BBVA e Banif são unânimes em considerar que, antes de 30 de junho, altura em que se realiza a assembleia geral da PT para decidir a venda ou não da Vivo, a operadora espanhola deverá aumentar a sua proposta de 6,5 mil milhões de euros para valores que poderão variar entre os 7 mil milhões e os 8,2 mil milhões.     A JP Morgan diz na sua nota esperar que a Telefónica "aumente ligeiramente a oferta de forma a assegurar o sucesso da operação até 30 de junho", enquanto que o BBVA dá a opinião de que "o preço pode ainda ser aumentado para 7 mil milhões de euros", tendo em conta que a PT "insistiu que a oferta da Vivo ainda não refletem o valor de longo prazo do ativo estratégico".     A casa de investimento espanhola diz mesmo acreditar que "a Telefónica poderá ainda aumentar a sua oferta para 7 mil milhões de euros sem impacto negativo na avaliação, com base nos 3,6 mil milhões estimados em sinergias" no Brasil.     O Banif alinha pela mesma opinião e diz que, segundo os seus cálculos, "um valor justo das potenciais sinergias devem levar a Telefónica a um aumento de preço entre 7,5 mil milhões e 8,2 mil milhões de euros".     *** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.