Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Risco de OPA justificou 'sim' da Ongoing

O risco significativo de uma oferta pública de aquisição (OPA) sobre a PT por parte da Telefónica é a principal razão que levou a Ongoing a responder afirmativamente à última oferta da operadora espanhola sobre a Vivo.

João Ramos

João Ramos

Jornalista

A Ongoing foi um dos accionistas da Portugal Telecom a responder afirmativamente à última proposta da Telefónica (7,15 mil milhões de euros) para comprar os 30% da Vivo, apresentada antes da Assembleia Geral.

O grupo de Nuno Vasconcellos justifica esta posição com o facto de a proposta da operadora espanhola "ter um peso superior a 90% de capitalização bolsista de todo o Grupo PT". E manifesta-se de acordo com a opinião de outros accionistas estratégicos da companhia (por exemplo, o BES), de que existe "um risco significativo de OPA sobre a PT por parte da Telefónica" .

A Ongoing acredita que uma "PT independente, bem capitalizada"(...) "estará em melhores condições para continuar a sua evolução estratégica no espaço da lusofonia incluindo, obviamente, o Brasil".