Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Reuniões laterais atrasam encontro do Eurogrupo

O início da reunião dos ministros do Eurogrupo foi adiado por quatro horas enquanto o Presidente cipriota mantem negociações com a troika. Nicos Anastasiades já ameaçou demitir-se.

A reunião de ministros da zona do euro, que deverá hoje fechar o pacote de resgate do Chipre. foi hoje adiada por quatro horas enquanto decorrem negociações laterais entre o Presidente cipriota e a troika, de acordo com a BBC.

Nicos Anastasiades, Presidente do Chipre, já afirmou que as exigências feitas pela troika pode levá-lo a demitir-se, segundo a AFP. O chefe de Estado cipriota acusa os representantes do FMI e da União Europeia de recusarem todos as propostas que apresentava.

Entretanto, o jornal inglês "The Guardian" adianta que os ministros já estão na sala prontos para o começo da reunião do eurogrupo. Ao mesmo tempo, decorre uma nova ronda de negociações entre o presidente cipriota e a troika.

"O encontro do eurogrupo ainda não não começou porque o Presidente cipriota mantém conversas com Van Rompuy,presidente do Conselho Europeu, e Durão Barroso, presidente da Comissão Europeia", lê-se no site do "The Guardian".