Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

PSI-20 fecha no vermelho

A bolsa de Lisboa fechou a perder quase 1% no dia em que foi conhecido o novo plano de austeridade para Portugal.

Sara Fonseca (www.expresso.pt)

Apesar de ter inciado a sessão de hoje positiva, a bolsa portuguesa inverteu pouco depois para o vermelho e assim se manteve até ao fecho. O PSI-20 fechou a perder quase 1%, a negociar nos 7,324.05 pontos.

O BCP foi o título que mais pressionou, a desvalorizar 3,7%, seguido da Brisa (- 2,8%), BES (- 2,6%) e Sonaecom (- 1,4%).

Ainda assim, das 20 cotadas no índice principal, 16 fecharam positivas, com especial destaque para a Mota-Engil, que ganhou 2%, Inapa (+ 1,7%) e Jerónimo Martins ( + 1,3%).

A Portugal Telecom, que ontem valorizou 5%, como consequência da recusa da venda da sua posição na brasileira Vivo aos espanhóis da Telefónica ganhou hoje 0,6%.

As restantes bolsas europeias, que estiveram a negociar positivas de manhã, fecharam igualmente com ligeiras perdas.