Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

PSI-20 fecha a perder 2%

Num dia marcado por uma onda vermelha no mercado de capitais, a bolsa portuguesa fechou igualmente em queda. BPI marcou a diferença.

Sara Fonseca (www.expresso.pt)

As principais quedas na praça portuguesa foram protagonizadas pela Inapa (- 6%), EDP Renováveis (- 5%), Altri (- 5%), Cimpor (- 4%) e Mota Engil (- 4%), numa resposta clara dos investidores perante as decisões do Governo alemão.

Os esforços de regulação financeira tomados pelo Governo de Angela Merkel foram encarados como um acto de desespero, que poderá deixar antever que a situação da Zona Euro seja ainda mais grave do que aparenta.

O foi a única cotada no PSI-20 a marcar a diferença, ao fechar a sessão a valorizar 10% foi o BPI, que valorizou inesperadamente depois da La Caixa ter manifestado hoje a intenção de reforçar a sua posição na instituição liderada por Fernando Ulrich.

As restantes praças europeias - inglesa, francesa, alemã e espanhola - encerraram igualmente o dia com perdas na ordem dos 3%.

Wall Street abriu também em baixa, afectada pelo pessimismo europeu.