Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Privatização da CP Carga adiada para 2013

Depois de ter anunciado que a CP Carga seria privatizada até ao final de 2012, o ministro das Finanças, Vítor Gaspar, anuncia agora o seu adiamento para 2013.

J. F. Palma-Ferreira (www.expresso.pt)

À quarta avaliação da troika, o Governo mudou de estratégia em relação ao cronograma das operações de privatização que tinha anunciado como prioritárias. Por isso, a CP Carga, que - de acordo com a segunda revisão do Memorando de Entendimento -, estava destinada a ser a primeira privatização de 2012, acabou de ser adiada para 2013.

Uma das interpretações que explicam o adiamento da privatização da CP Carga relaciona-se com o pesado processo de transferência dos terminais ferroviários integrados na CP Carga - atendendo a que o Governo não quer privatizar a CP Carga com os terminais e essa desanexação demorará mais tempo a ser feito do que seria previsto.

A razão pela qual a privatização da CP Carga não deveria incluir os terminais relaciona-se com a necessidade de assegurar o livre acesso de todos os operadores de carga aos terminais ferroviários, em condições de igualdade.

No cronograma inicial, a CP Carga dava início a um conjunto de operações de privatização, entre as quais estão as empresas do sector aeroportuário e de transportes aéreos.

O secretário de Estado das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, Sérgio Monteiro, já tinha anunciado que o Governo se comprometia em concretizar a privatização da CP Carga até ao final de 2012.