Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Portugal cai três lugares no ranking da competitividade

Passámos da 34ª para a 37ª posição em 2010. A classificação, elaborada pela escola suiça de gestão IMD, é liderada, pela primeira vez, por dois asiáticos: Singapura e Hong-Kong.

João Ramos (wwww.expresso.pt)

Pela primeira vez, desde há vários anos, os países ocidentais deixaram de dominar as posições cimeiras do World Competitiveness Yearbook 2010 que todos os anos é elaborado pela IMD (escola de gestão de Lausanne, Suiça).

Actualmente, 5 dos 10 primeiros países desta lista são oriundos da região Asia/Pacifico. Singapura e Hong-Kong, os dois mais competitivos, mostraram ter grande resistência à crise mundial.  

Os Estados Unidos cairam para a terceira posição e a Europa é claramente uma região em queda em termos de competitividade. Suiça, Suécia e Noruega são sobreviventes do Velho Continente no top 10 do IMD. A Dinamarca, que era a 5ª em 2009, teve uma das maiores quedas para a 13º posição. A Alemanha ficou na 16ª posição e lidera o grupo das maiores economias "tradicionais" como o Reino Unido (22º), França (24ª), Japão (27º) e Itália (40ª).

Portugal não foge à regra do mundo ocidental, tendo caido da 34ª (em 2009) para 37ª posição da classificação do IMD que analisa o desempenho da economia, eficiência do governo e dos negócios, competências dos recursos humanos, infraestruturas e investigação em 63 países. À frente de Portugal estão países como Espanha, Indonésia, Estónia e Casaquistão, Polónia ou Índia. A recente crise do crédito soberano que afecta a Grécia (46ª), Portugal e Espanha (36ª) não está reflectida nesta lista do IMD.

 

Clique no ícone para ver a lista em formato PDF