Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Número de milionários aumenta em 2009

O 14º relatório anual sobre riqueza individual, da Merrill Lynch Global Wealth Management e da Capgemini diz que em 2009 o mundo tinha 10 milhões de títulares de grandes fortunas, mais 1,4 milhões que em 2008.

J. F. Palma-Ferreira (www.expresso.pt)

Apesar da crise global, o grau de riqueza individual voltou a aumentar em 2009, elevando o número de pessoas com elevado nível de riqueza para 10 milhões de indivíduos, refere o 14º relatório anual sobre a Riqueza Individual, elaborado a nível mundial pela Merrill Lynch Global Wealth Management e pela Capgemini, hoje divulgado. Face ao relatório anterior, no ano de 2009, em todo o mundo houve mais 1,4 milhões de indivíduos titulares de grandes fortunas que em 2008.

O novo relatório refere que em 2009, a riqueza financeira individual dos titulares de grandes fortunas aumentou 18,9%, quando o segmento de topo dos indivíduos ricos (os "ultra" ricos) aumentou a respetiva riqueza em 21,5%.

Na anterior edição (o 13º relatório, publicado em 2009, com dados de 2008), o número e volume de riqueza de titulares de grandes fortunas (classificados como HNWI - High Net Worth Individuals) tinha diminuído para níveis abaixo dos que foram registados em 2005.

O 13ª relatório sobre fortunas individuais referia que o volume total considerado envolvia então 32.800 biliões de dólares.

Em 2008, a população mundial High Net Worth abrangia 8,6 milhões de fortunas, ou seja, tinha caído 14,9% em relação ao ano anterior.

Mas a queda ainda tinha sido mais pronunciada no segmento dos "ultra" ricos, que registou uma redução de 24,6% em 2008, anulando os crescimentos registados em 2006 e 2007.