Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Lua produz electricidade para as nossas casas

Uma empresa japonesa quer revestir a Lua com painéis solares fotovoltaicos. A sua função é produzirem electricidade que depois enviam para a Terra.

Vítor Andrade (www.expresso.pt)

O projecto da Shimizu Corporation prevê revestir o Equador lunar com um enorme cinto de células fotovoltaicas: são cerca de 11 mil quilómetros, por 400 de largura.

Robôs construídos para o efeito e teleoperados a partir da Terra irão efectuar o trabalho, mas com uma particularidade. É que aproveitarão materiais abundantes no próprio solo lunar para a construção dos painéis fotovoltaicos, como por exemplo cascalho lunar.Uma equipa de astronautas dará apoio robótico no local.

A energia ali produzida será encaminhada para centros de transmissão, que depois a enviarão para Terra por microndas e por laser de alta densidade energética.

Depois de recebida será convertida e introduzida nas redes eléctricas convencionais para distribuição à escala planetária.

Uma visão futurista, mas que já começa a despertar o interesse de empresas como a Shimizu, e que poderá ajudar a redimensionar o cluster aeroespacial.

Recorde-se que, já no final do ano passado, algumas empresas norte-americanas e janponesas anunciaram um projecto semelhante: a construção de mega-estações fotovoltaicas em pleno espaço, onde a luz solar existe em permanência, sem interrupções (veja vídeo em baixo nos relacionados). O envio da electricidade para terra obedecia a princípios semelhantes aos sugeridos pela Shimizu Corporation, para o projecto lunar.