Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Governo espanhol revê em baixa crescimento para 2011

O Governo espanhol prevê um crescimento de 1,3% para o próximo ano, em vez da anterior estimativa de 1,8%. 

A ministra das Finanças de Espanha, Elena Salgado, disse hoje que o Governo cortou as previsões do crescimento para o próximo ano em meio ponto percentual, mantendo a previsão de 0,3% para 2010.     Elena Salgado afirmou que o governo socialista espanhol espera um crescimento de 1,3% para o próximo ano, em vez da anterior previsão de 1,8%.     "Estamos a fazer tudo para reduzir o défice, mas as previsões de crescimento que temos feito são muito conservadoras", disse a ministra à Rádio Nacional de Espanha, acrescentando que o governo é capaz de "fazer melhor do que o previsto."     Na quinta feira, o conselho de ministros do Governo espanhol aprovou medidas de austeridade para poupar 15,25 mil milhões de euros nos próximos dois anos com vista a reduzir o défice público dos atuais 11,2% do PIB (Produto Interno Bruto) para três por cento em 2013.     Umas das medidas que mais contestação mereceu é a redução, em cinco por cento dos salários dos funcionários públicos que ganhem mais de 949 euros.     *** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.