Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

GM Portugal volta a ser liderada por um português

O espanhol Guillermo Sarmiento vai ser substituído por João Falcão Neves, que passa a liderar a General Motors Portugal a partir de 1 de abril.

J. F. Palma-Ferreira

A estratégia da General Motors (GM) Portugal será conduzida de forma indepentente do mercado espanhol, ao contrário da marca "gémea" do mesmo grupo - a Chevrolet, que em Portugal está dependente da tutela espanhola - garantiu ao Expresso fonte do grupo, revelando que o próximo director-geral da empresa será português.

Assim, João Falcão Neves deve assumir, a 1 de abril, o cargo de diretor-deral da General Motors Portugal, sucedendo ao espanhol Guillermo Sarmiento. A GM representa a marca Opel em Portuigal desde o final da decada de 50.

Falcão Neves é licenciado em engenharia mecânica pelo Instituto Superior Técnico e tem um MBA em marketing pela Universidade Católica, sendo quadro da Opel desde 1990, embora tenha assumido funções executivas na Chevrolet em vários países.

O diretor-geral cessante, Guillermo Sarmiento, tinha assumido funções a 1 de maio de 2008, pertence aos quadros da GM desde 1981, e agora deverá aposentar-se.