Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

FMI exclui risco de nova contração da economia mundial

"A recuperação vai continuar e não vai haver recessão de novo", afirmou diretor geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Strauss-Kahn, num fórum a decorrer em Washington, nos EUA.

O diretor geral do Fundo Monetário Internacional (FMI) excluiu hoje o risco de uma nova contração da economia mundial, apesar das grandes preocupações sobre a força da recuperação, que começou em 2009.

"A recuperação vai continuar e não vai haver recessão de novo", afirmou Strauss-Kahn, num fórum a decorrer em Washington, nos EUA.

O chefe do FMI fez estas declarações quando as principais praças bolsistas mundiais caíam, devido a preocupações sobre a crise de dívida europeia, ao ritmo do crescimento chinês e à multiplicação de indicadores dececionantes nos Estados Unidos. 

Nas últimas previsões, publicadas em abril, o FMI estimava que a economia mundial iria sair da recessão de 2009 com um crescimento de 4,2 por cento em 2010 e de 4,3 por cento em 2011, números que devem ser atualizados no início de julho.