Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Fim do lay-off na Lauak Portuguesa

A Lauak Portuguesa de componentes para aviões retomou a laboração, pondo fim ao lay-off de dois terços dos seus trabalhadores.

Alexandre Coutinho (www.expresso.pt)

A Lauak Portuguesa, subsidiária da empresa francesa do mesmo nome, pôs fim ao período de lay-off (dispensa temporária) de 69 dos seus 96 efetivos, que vigorava desde o início do ano.

"Surgiu um novo contrato para a empresa Daher, em Marrocos que, por si só, vai ocupar 14 pessoas. E o trabalho para a Dassault, também está a aumentar", revelou Armando Gomes, diretor-geral da empresa.

Paralelamente, a fábrica de componentes para aviões instalada em Setúbal, vai dar início a um curso de formação on job training para 15 jovens.

A empresa recorreu ao lay-off como forma de "preservar os postos de trabalho, de modo a dispor dos meios humanos e financeiros para responder à retoma da atividade aeronáutica e à realização de novos projetos", explicou Armando Gomes, citando como exemplos a possibilidade da Lauak Portuguesa vir a fabricar componentes para o novo Airbus A350 XWB, as asas do avião Skylander e peças para o avião de transporte CASA C-295.