Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Espanha: Deputados e autarcas acordam cortes salariais de 10%

A Junta de Porta-vozes do Congresso de Deputados espanhóis e a federação espanhola de municípios acordou cortar os salários como medida de combate ao défice.

A Junta de Porta-vozes do Congresso de Deputados espanhóis acordou hoje reduzir o salário base de todos os deputados em 10%, e o do presidente do Congresso em 15%, como medida de combate ao défice.  

 

Paralelamente, a federação espanhola de municípios (FEMP) acordou cortar os salários de todos os alcaides e presidentes camarários entre 0,25 e 15%, dependendo do valor base que recebam os autarcas.  

 

No caso dos deputados, e a partir de junho, o salário base cairá 312,65 euros mensais (dos atuais 3126,52 euros que recebem desde 2008).  

 

O componente de complementos salariais também será recortado, proporcionalmente, sendo que no caso do presidente do Congresso, José Bono, cairá 15%, ou seja, menos 540,8 euros mensais.  

 

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***