Siga-nos

Perfil

Economia

Tecnologia

Portugal é 28º na economia digital

Os países nórdicos ocupam quatro dos seis lugares cimeiros. Portugal mantém a mesma posição do ano anterior.

Vítor Andrade (www.expresso.pt)

No ranking agora divulgado pela Economist Intelligence Unit, em conjunto com a IBM, Portugal mantém a 28ª posição, num ranking em que são analisados 70 países.

Abaixo de Portugal classificaram-se países como Eslovénia (29ª posição), Emirados Arabes Unidos (32ª), Grécia (33ª) ou Polónia (39ª). Na última posição ficou classificado o Azerbaijão. 

"O país líder deste ano, a Suécia, e a maioria dos outros países de primeira linha mantêm, juntamente com um alto grau de conectividade, negócios e ambientes legais estáveis; orientações educativas e culturais fortes; políticas governamentais de apoios às TIC e uma crescente utilização de serviços digitais por indivíduos e empresas", refere o relatório que acaba de ser divulgado à imprensa.

A Suécia desalojou a Dinamarca, em 2010, mas a Finlândia e a Noruega estão também no top das seis economias mais digitais do ano, tendo a Noruega avançado seis posições devido à força do desempenho melhorado nos indicadores que medem os serviços online.

Tailândia, Coreia do Sul e Japão subiram fortemente no ranking deste ano, em parte graças a elevadas pontuações na qualidade da banda larga e móveis, em comparação com outros países do mundo.

A elevada densidade de fibras, por exemplo, é uma prova da capacidade destes países para executar as suas próprias agendas digitais.

Em 49 dos 70 países do ranking, o custo mensal cobrado pelo principal fornecedor de banda larga totalizou menos de 2% do rendimento médio mensal em 2009.