Siga-nos

Perfil

Economia

Bolsa e Mercados

Sonaecom e Zon animam PSI-20

A praça nacional segue em alta, impulsionada pelos títulos da Sonaecom e Zon, face à especulação de possíveis consolidações no setor de telecomunicações português.

A bolsa de Lisboa abriu hoje em alta ligeira, com o principal índice, o PSI 20, a subir 0,14%, para os 7140,95 pontos e a Sonaecom a liderar os ganhos.  

 

Na quinta feira, o PSI 20 tinha encerrado a subir 1,08%, para os 7131,02 pontos, em linha com a Europa.  

 

Meia hora após o início da sessão, o PSI 20 seguia a recuperar 0,24%, com a especulação de possíveis consolidações no setor de telecomunicações português - caso a PT venda a sua participação na brasileira Vivo - a animar os investidores.    

 

Às 08:30, Lisboa seguia assim alinhada com as congéneres europeias, que sobem pelo quinto dia consecutivo, após a divulgação de um relatório norte-americano que indica que as empresas nos EUA criaram 55 mil postos de trabalho em maio, completando quatro meses consecutivos de crescimento.

 

Paris avançava 0,67%, Frankfurt 0,62%, Londres 0,44% e Madrid 0,03.    

 

O índice Euronext 100, por sua vez, avançava 0,61% para 649,42 pontos e o DJ Stoxx 50 valorizava 0,64% para os 2434,14 pontos.

 

Em Lisboa, o PSI 20 seguia com 14 títulos positivos, um inalterado (o BCP) e cinco negativos.  



Brisa e Semapa evitam maiores ganhos 

A Sonaecom e a Zon eram ações que mais valorizavam, a subirem 3,2 e 2,8%, para 1,5 e 3,4 euros, respetivamente.  

 

As ações da PT, por sua vez, seguiam a ganhar 0,5% para os 8,6 euros.  

 

Em sentido contrário seguiam os títulos da Brisa e da Semapa, que perdiam 0,8 e 0,4%o para 4,9 e 7,5 euros, respetivamente.   

 

No setor energético, a EDP Renováveis seguia a subir 1% para 4,8 euros, seguida da REN, que valorizava 0,6% para 2,7 euros e da Galp, que avançava 0,3% para 12,1 euros.   

 

As ações da EDP seguiam igualmente positivos, a subir 0,04% para 2,6 euros.     

 

*** Texto escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***