Siga-nos

Perfil

Economia

Bolsa e Mercados

Bolsa: PT fecha a perder 1,44%

A praça nacional encerrou a subir 0,63%, com 12 dos vinte títulos no verde. Destaque para a Portugal Telecom que evitou maiores ganhos.

O principal índice da bolsa portuguesa, o PSI 20, fechou hoje a ganhar 0,63% para 7066,65 pontos, numa sessão em que a PT esteve em destaque e impediu uma subida mais acentuada.  

 

Das 20 empresas que compõem o PSI 20, 12 fecharam a subir e oito a descer, numa sessão em que trocaram de mãos 91,6 milhões de ações, no valor de 346,7 milhões de euros.  

 

A liderar as subidas estiveram a Cimpor, que avançou 4,52% para 4,62 euros, e a Jerónimo Martins, que ganhou 3,23% para 7,54 euros.  

 

A Brisa comandou as perdas, tendo recuado 1,87% para 4,97 euros, logo seguida pela PT, que cedeu 1,44% para 8,18 euros.  



PT em destaque no dia da Assembleia geral 

Durante a sessão de hoje, as ações da PT estiveram em destaque.  

 

Os títulos da empresa liderada por Zeinal Bava abriram hoje em forte alta, a subir 6,65%, depois de a Telefónica ter subido a oferta pelo controlo da operadora brasileira Vivo para 7,15 mil milhões de euros.

 

As ações da PT estiveram suspensas enquanto decorria a assembleia geral da empresa e quando voltaram a negociar, já depois do fim da reunião magna, estiveram sempre em terreno negativo, tendo chegado a ceder 7,11% para 7,71 euros.  

 

A oferta da Telefónica foi rejeitada, depois de o Estado português ter usado a 'golden share' que detém na PT, inviabilizando, para já, o negócio.   



No restante setor das telecomunicações, a Sonaecom fechou a cair 1,28% para 1,38 euros, enquanto a ZON avançou 1,01% para 3,18 euros.



Energéticas em alta 

Na energia, o dia foi de ganhos. A REN avançou 2,50% para 2,66 euros, a EDP Renováveis subiu 1,64% para 4,83 euros, a Galp ganhou 1,40% para 12,30 euros e a EDP cresceu 0,41% para 2,44 euros.  

 

No setor financeiro, o dia também foi de ganhos: o BCP subiu 1,63% para 0,62 euros, o BPI ganhou 1,05% para 1,53 euros e BES avançou 0,52% para 3,25 euros.  

 

Na Europa, os mercados também encerraram em terreno positivo, no dia em que o Banco Central Europeu (BCE) atribuiu um montante recorde, a três meses, aos bancos da zona euro, que devem reembolsar quinta feira um empréstimo de 443 mil milhões de euros.  

 

No total, 171 bancos da zona euro obtiveram uma liquidez de 131,9 mil milhões de euros a uma taxa fixa de 1%.  

 

Madrid subiu 1,12%, Paris 0,29%, Frankfurt e Londres 0,16%.  

 

O índice Dow Jones 50 subiu hoje 0,08% para 2358,73 pontos, enquanto o índice Euronext 100 ganhou 0,07% para 625,00 pontos.