Siga-nos

Perfil

Economia

Casa

Bancos "desvalorizam" casas em maio

O valor médio de avaliação bancária das habitações caiu em Maio. A queda deu-se em todas as zonas do país, exceto no Alentejo.

Rute Gonçalves Marques (www.expresso.pt)

Se pretende comprar habitação, saiba que os bancos estão a cortar nas avaliações das casas em todo o país, exceto no Alentejo. Em Maio, o preço por metro quadrado diminuiu 0,1% face a abril, ficando-se pelos €1172. Os dados são do Inquérito à Avaliação Bancária na Habitação de maio, do INE - Instituto Nacional de Estatística.



Lisboa e Porto foram as cidades mais afetadas. Na capital, a avaliação das casas desceu 0,3%, enquanto na invicta a variação foi de menos 0,1%. As duas cidades mais importantes de Portugal "apresentaram diminuição nos valores médios de avaliação de quatro euros e de um euro, respetivamente, face a abril, tendo-se situado em €1443 por metro quadrado e em €1120 por metro quadrado", lê-se no relatório do INE. O Alentejo foi a única zona que escapou, tendo registado uma subida de 0,4%.



Apartamentos sofrem mais

Por segmentos, os apartamentos sofreram mais do que as moradias. Os primeiros decresceram 0,2%, para os €1248 por metro quadrado, enquanto as moradias tiveram um ligeiro acréscimo de 0,2%.



A avaliação bancária do preço das casas é um dos fatores mais relevantes na hora da concessão do crédito à habitação, pois determina o montante que a instituição bancária está disposta a emprestar ao cliente.