Siga-nos

Perfil

Economia

Dinheiro

Mealheiros que rendem

Cativam as crianças com brindes, mas não seduzem os pais com as taxas. Conheça a oferta da banca para capitalizar as poupanças dos mais pequenos.

Rute Gonçalves Marques (www.expresso.pt)

É de pequeno que se começa a poupar... ou a fidelizar, no caso dos bancos. No Dia Mundial da Criança fomos conhecer as ofertas que as instituições bancárias disponibilizam para capitalizar as poupanças dos mais pequenos. Contas poupança, seguros ou depósitos a prazo são as aplicações existentes especialmente concebidas para criar laços com os petizes. No entanto, estas não oferecem grandes vantagens face aos produtos para os adultos, as TANL (Taxa Anual Nominal Liquida) que disponibilizam não são assim tão cativantes e vão desde 0,28% da conta Poupança Junior do BES, até ao 2,2% para o depósito a prazo Finicresce, do Finibanco. De todos os bancos analisados, apenas o Banif tem uma promoção especifica para o Dia Mundial da Criança. Se abrir uma conta Poupança para o seu filho neste banco, entre os dias 1 e 4 de Junho, o banco aumenta a remuneração da conta: a TANL a um ano passa a ser de 1,4% e para dois anos passa a ser de 1,6%.

Ofertas e brindes

Como forma de cativar os potenciais clientes, alguns bancos ainda oferecem presentes ao petizes para os premiar pela sua primeira conta. É o caso do Montepio, que oferece um kit do Panda, composto por uma mochila e um mealheiro, aquando da inscrição na conta Fun. No Banco Popular, a criança ao ter uma conta "Eu Posso! Eu mando!" recebe um cartão de Membro Jovem Popular que atribui pontos consoante o montante investido na conta. Estes pontos podem depois ser trocados por jogos para PC, Playstation ou até por consolas. O BES é outro exemplo, oferece um porquinho mealheiro desenhado por Agatha Ruiz de la Prada e apadrinhado pelo Cristiano Ronaldo, por cada subscrição ou reforço da sua conta poupança Júnior. Mas não deixe os seus filhos iludirem-se com estes mimos, os pais continuam a ter o poder de decisão e a sua opção deve recair sobre a melhor oferta. Assim, nada melhor do que fazer a comparação. Não tendo taxas de juro particularmente sedutoras, a isenção de comissões de manutenção e o capital garantido tornam-se na principal atracção destas contas. Sendo investimentos de baixo risco, permitem aos pais começarem a fazer um pé-de-meia para a criança, para que, quando atinjam a maioridade, possam contar com umas poupanças arrecadas ao longo da infância e adolescência.

Contas em crescimento

Legenda: TANL - Taxa Anual Nominal Liquida. (*) Promoção do Dia Mundial da Criança.