Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Constâncio refuta acusações de Jardim Gonçalves

Vitor Constâncio disse ao Expresso que as afirmações de Jardim Gonçalves - que acusa o ex-presidente do Banco de Portugal de ter quebrado a confiança na banca - "não merecem qualquer crédito".

Nicolau Santos (www.expresso.pt)

Vitor Constâncio, ex-governador do Banco de Portugal, rebate as acusações de Jardim Gonçalves, fundador e ex-presidente do BCP, publicadas hoje na edição impressa do Expresso.

"As afirmações de Jardim Gonçalves não devem merecer qualquer crédito aos portugueses. Apenas se pretende salvar de qualquer maneira. Trata-se de alguém que potencialmente, de acordo com o referido na comunicação social, pode vir a ser condenado por falsificação de contabilidade e manipulação de mercado. Por mim, espero apenas que a justiça funcione", afirmou Vitor Constâncio ao Expresso.pt.

Jardim Gonçalves, em entrevista exclusiva à edição de hoje do Expresso, acusa Vitor Constâncio e Carlos Tavares, presidente da CMVM, de terem quebrado "a confiança na banca".

Leia na íntegra a entrevista a Jardim Gonçalves na edição de hoje do Expresso e veja aqui o vídeo no qual o ex-presidente do BCP diz que a sua condenação "foi um erro pensado".