Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Clube da bancarrota: Portugal em 9º lugar e Grécia lidera

Ao final da sessão da tarde do mercado da dívida soberana, Portugal desceu para o 9º lugar no TOP 10 mundial de probabilidade de default, mas continua com o risco a aumentar. Grécia nos 68% de risco atingiu o 1º lugar

Jorge Nascimento Rodrigues (www.expresso.pt)

Prosseguindo a escalada de risco reiniciada esta semana, Portugal fixou-se no 9º lugar no grupo dos 10 países com mais altas probabilidades de default (incumprimento da dívida soberana), segundo o monitor da CMA DataVision.

O nosso país ultrapassou o estado americano do Illinois no nível de risco, atingindo, agora, durante o final da sessão da tarde, uma probabilidade de default de 25,03%. Apesar do aumento do risco no caso português, o estado da Califórnia subiu ao 8º lugar, desalojando Portugal.

A Grécia, que está a aplicar um pacote orientado pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) e por Bruxelas, continua a sua escalada de risco, tendo, ontem, ultrapassado o anterior máximo histórico ocorrido durante a crise de 6 de Maio. A probabilidade de default em relação à Grécia é, agora, de mais de 68%. Passou a ocupar o 1º lugar.

O custo dos credit default swaps (cds, seguros face ao risco de bancarrota) atingiu mais de 1100 pontos base (mais de 1050 pontos base acima do custo dos cds relativos á Alemanha, a referência na zona euro, o que significa um adicional de 10,5% em relação ao juro da dívida soberana alemã).

Espanha e Irlanda continuam, também, com o risco em alta, acima dos 20%.