Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

British Airways regista perdas de €89 milhões

A companhia aérea britânica garante continuar o plano de corte de custos, que inclui a redução do número de postos de trabalho

A British Airways registou perdas de 612 milhões de dólares (488,9 milhões de euros) no primeiro trimestre, devido à recessão, a um inverno rigoroso e às greves das tripulações de cabine, anunciou hoje a companhia aérea britânica.  

 

De acordo com a empresa - envolvida atualmente em  mais uma ronda de negociações com as tripulações de cabine para resolver divergências sobre condições remuneratórias e de trabalho -, os resultados obtidos são, ainda assim, ligeiramente melhores do que era esperado.  



Queda de 11% da receita 

As perdas referem-se ao período que terminou a 31 de março e, quando comparadas com o ano anterior, mostram uma queda na receita de cerca de 11%.  

 

Apesar destes resultados, a companhia aérea britânica garante estar fazer progressos no programa de diminuição de custos, que inclui a redução do número de postos de trabalho.  

 

A British Airways alertou já o sindicato do setor que as mudanças em curso são necessárias, para a empresa sobreviver num mercado que está a enfrentar as consequências da crise financeira mundial.  

 

 

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***