Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

BPN: Contas da SLN aprovadas com 78,6% dos votos

O relatório de gestão e contas de 2009 da Sociedade Lusa de Negócios (SLN) foi hoje aprovado pelos acionistas do grupo, que detinha o BPN até à nacionalização em 2008. Clique para visitar o dossiê Caso BPN

O relatório de gestão e contas de 2009 da Sociedade Lusa de Negócios (SLN) foi hoje aprovado pelos acionistas do grupo, que detinha o BPN até à nacionalização em 2008, após várias horas de debate.

Clique para aceder ao índice do DOSSIÊ CASO BPN

A discussão do ponto três da ordem de trabalhos da assembleia geral (AG) da SLN prolongou-se por mais de três horas, com vários acionistas a questionarem detalhes das contas submetidas à aprovação.

No final, as contas foram aprovadas com 78,6 por cento de votos favoráveis, 5,5 por cento de votos contra e 5,9 por cento de abstenção.

No dia em que os acionistas deram luz verde aos resultados de 2009, com os prejuízos a descerem para cerca de cinco milhões de euros, contra os quase 170 milhões de euros de perdas de 2008, a AG da SLN aprovou ainda a mudança de nome do grupo para Galilei.

Já o ponto quatro, relativo à aplicação dos resultados, foi rapidamente aprovado com 82,3 por cento de votos a favor, 3,1 por cento contra e 14,6 por cento de abstenção.

Seguiu-se a deliberação sobre o ponto seguinte, o desempenho da administração e fiscalização da SLN no ano passado, que também foi aprovado, com 81,5 por cento de votos favoráveis, 8,7 por cento contra e 9,6 por cento de abstenção.

A SLN detinha o Banco Português de Negócios (BPN) até à nacionalização da instituição, em novembro de 2008.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.