Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Lisboa caminha para os 50 milhões de passageiros

Com o Montijo operacional, o movimento de aviões praticamente duplica

Joana Nunes Mateus

texto

jornalista

Jaime Figueiredo

Jaime Figueiredo

infografia

Infográfico

O resultado final do acordo firmado esta semana entre o Governo e a ANA — Aeroportos de Portugal será a duplicação da atual capacidade aeroportuária na região de Lisboa. Na próxima década, quando o novo aeroporto do Montijo já tiver operacional na margem sul e as obras de expansão do Aeroporto Humberto Delgado já tiverem terminado na margem norte, a capital vai poder acolher mais de 50 milhões de passageiros por ano, já que o número de movimentos (aterragens mais descolagens) vai subir dos atuais 38 para 72 por hora.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. Pode usar a app do Expresso - iOS e Android - para descarregar as edições para leitura offline)