Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Lojas na Baixa já são mais caras que na Avenida da Liberdade

Os preços médios por m2/mês na Baixa de Lisboa já chegam aos €110, mas em algumas localizações, como a Rua Augusta, a principal artéria, já se fazem transações a €130, quase tanto como no Chiado, onde estão as rendas mais caras

Retalho. Reabilitação dos prédios antigos e aumento do turismo fez disparar o interesse das marcas por este bairro da cidade de Lisboa

Ana Baptista

Ana Baptista

texto

Jornalista

Nuno Botelho

Nuno Botelho

fotos

Fotojornalista

É uma estreia. Pela primeira vez desde que há registos, as rendas das lojas de rua na Baixa superaram as da Avenida da Liberdade, a principal artéria de luxo de Lisboa. Além disso, estão muito próximas dos valores praticados no Chiado, a zona de retalho mais cara da capital portuguesa.

De acordo com dados das várias consultoras contactadas pelo Expresso, em 2018, as rendas de lojas de rua na Baixa atingiram valores máximos mensais entre os €105 e os €130 por metro quadrado, enquanto que na Avenida da Liberdade oscilaram entre os €85 e os €100 por metro quadrado e por mês. Já no Chiado, os valores variaram entre os €130 e os €135 por metro quadrado e por mês.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. Pode usar a app do Expresso - iOS e Android - para descarregar as edições para leitura offline)